Aguarde
Opinião dos Consumidores:50(Avaliações)
Flores para Algernon
Delicado, profundo e comovente, Flores para Algernon é um clássico da literatura norte-americana. A obra venceu o prêmio Nebula e inspirou o filme Os Dois Mundos de Charlie, ganhador do Oscar de Melhor Ator, um musical na Broadway e homenagens e referências em diversas mídias.
Comprar

Por: R$ 59,90

Preço à vista: R$ 59,90

Mais formas de pagamentoAdicionar a lista de desejosAdicionar ao carrinho
Opções de Parcelamento:
  • à vista R$ 59,90
Outras formas de pagamento

Vídeo

Sobre o Livro

Entre os temas mais recorrentes da ficção científica, a percepção de múltiplas realidades já abriu margem para narrativas clássicas e questões tão profundas quanto um buraco negro. Afinal, o mundo que sempre percebemos a nossa volta realmente existe? Mas para além dos portais interdimensionais, o autor norte-americano Daniel Keyes manteve os pés no chão dentro do universo scifi e apresentou uma história que explora o conceito, ao mesmo tempo que impacta por sua delicadeza. Publicado originalmente em 1966, Flores para Algernon foi o grande expoente da carreira do escritor, ganhador do prêmio Nebula e inspiração para o filme Os Dois Mundos de Charly (1968) – que garantiu a Cliff Robertson o Oscar de Melhor Ator. E com mais de 5 milhões de exemplares vendidos e referência dentro das escolas dos Estados Unidos, a obra surgiu sobre as palavras de um homem de 32 anos e 68 de QI: Charlie Gordon.



Com excesso de erros no início do romance, os relatos de Charlie revelam sua condição limitada, consequência de uma grave deficiência intelectual, que ao menos o mantém protegido dentro de um “mundo” particular – indiferente às gozações dos colegas de trabalho e intocado por tragédias familiares. Porém, ao participar de uma cirurgia revolucionária que aumenta o seu QI, ele não apenas se torna mais inteligente que os próprios médicos que o operaram, como também vira testemunha de uma nova realidade: ácida, crua e problemática. Se o conhecimento é uma benção, Daniel Keyes constrói um personagem complexo e intrigante, que questiona essa sorte e reflete sobre suas relações sociais e a própria existência. E tudo isso ao lado de Algernon, seu rato de estimação e a primeira cobaia bem-sucedida no processo cirúrgico.



Originalmente um conto publicado em 1959 (ganhador do prêmio Hugo), Flores para Algernon explora a ficção científica através de suas operações pioneiras e superinteligência, mas que trata realidades simultâneas sem ao menos viajar para o espaço desconhecido. Em resumo, Daniel Keyes entra na mente humana e apresenta uma realidade que se torna paralela sob a perspectiva de um homem. Algo a se esperar de um autor que foi influenciado pelos roteiros de quadrinhos que escrevia para Stan Lee e inspirado por artigos acadêmicos e anotações de Aristóteles.



Perturbador e profundo, Flores para Algernon é tão contemporâneo quanto na época de sua primeira publicação, debatendo visões de mundo, relações interpessoais e, claro, a percepção sobre nós mesmos. Assim, se você está preparado para explorar as realidades de Charlie Gordon, também é a chance para perguntar: afinal, o mundo que sempre percebemos a nossa volta realmente existe?

Características

SubcategoriasFicção Científica, Cinema

Ficha Técnica

Tradutor (a)Luisa Geisler
Edição
Ano2018
Páginas288
AcabamentoCapa dura
Peso0,499 kg
ISBN978-85-7657-393-7
TipoLivro
Formato14x21 cm

Adicionais

EdReviews
  • "Uma obra-prima de um esplendor pungente... desoladora, absoluta e completamente brilhante."


    – The Guardian


  • "Um livro atemporal, feito para emocionar."


    – The Independent


  • "Fascinante, agoniante... esplêndido."


    – The Birmingham News
  • Video


    Redatora de M*%$#



    Adriana Cecchi– Flores para Algernon, de Daniel Keyes



    Neste vídeo, o livro Flores para Algernon, de Daniel Keyes, é analisado por Adriana Cecchi.

    Autor

    Resumo do Autor



    Daniel
    Keyes







    Nome completo
    Daniel Keyes




    Nascimento
    Estados Unidos, 09.08.1927




    Morte



    15.06.2014




    Gêneros literários



    Ficção Científica

    Biografia


    Trabalhos notáveis



    Flores para Algernon


    The fifth Sally


    The Touch




    Daniel Keyes nasceu no Brooklyn em Nova York, frequentou por um breve período a Brooklyn College, mas desistiu da universidade para entrar na marinha americana. Ele é autor de oito livros, incluindo o clássico Flores para Algernon, publicado pela primeira vez em 1966. Além de trabalhar como marinheiro, Keyes também foi editor de ficção, professor do ensino médio e universitário na Universidade de Ohio, onde foi homenageado como Professor Emérito em 2000. Ele ganhou o Hugo e o Nebula, prêmios por seu trabalho como escritor e foi escolhido como Autor Emérito da Science Fiction e Fantasy Writers of America em 2000.



    Sobre o Autor


    Reviews

      Opinião dos leitores

      Voltar para o topo da página

      Newsletter

      Fechar

      Olá, terráqueo! Cadastre-se para receber as novidades e promoções da Aleph